Você entende de chocolate?

Ele é derivado do cacau, os primeiros registros dessa iguaria datam de 1.500 a.C e são creditados a civilização Olmeca que habitava o México, para algum tempo depois se tornar a bebida favorita dos deuses Maias. Quando chegou à Europa no séc XV, virou uma sensação, deixando a rainha Anna, da Áustria, literalmente viciada. Já no século XX, alimentou os soldados Americanos na segunda guerra mundial e atualmente conquistou uma gama de variedades. No dia 7 de julho comemoramos o dia dele, e é claro que nós vamos falar do chocolate!


O chocolate está disponível pra gente em tantas opções que às vezes fica até difícil saber qual estamos experimentando, por isso nós aqui do Gourmet a dois bolamos esse mini tutorial com os tipos de chocolate mais encontrados por aí, então vamos a eles:


Chocolate Amargo: Composto por sementes de cacau, um mínimo de manteiga de cacau, pouco açúcar e nadinha de leite. Para ser considerado amargo a quantidade de massa de cacau, deve compor no mínimo 70% do produto. O chocolate amargo costuma ter ação antioxidante, o que é um benefício para a saúde.


Chocolate meio amargo: Possui uma coloração escura por não levar leite, porém contém mais açúcar que a versão amarga, suavizando o seu sabor. É considerado chocolate meio amargo quando sua composição tem 40 a 55% de cacau e pouca quantidade de manteiga de cacau e açúcar.


Chocolate ao leite: Contém licor e manteiga de cacau, açúcar, leite, leite em pó ou leite condensado. Sua composição tem o menor teor de cacau , cerca de 36% a 46%, grande quantidade de açúcar e maior valor calórico do que o chocolate amargo.


Chocolate Branco: Tecnicamente nem é chocolate, visto que as sementes de cacau não fazem parte da fórmula desse alimento. Em sua receita contém leite, açúcar, manteiga de cacau e lecitina. Não contém antioxidantes. É o que contém maior teor de gordura e valor calórico.


Chocolate Diet (0 Açúcar): Não contém açúcar em sua composição, por isso é indicado para diabéticos. Porém essa pode ser uma grande pegadinha, visto que para compensar a falta de açúcar, tem um maior acréscimo de gordura, sendo mais calórico do que o chocolate ao leite tradicional. É feito de massa e manteiga de cacau, leite em pó, soro do leite.


Chocolate orgânico: Feito com cacau orgânico, ou seja, sem o uso de agrotóxicos e fertilizantes químicos, pode trazer mais benefícios à saúde e ao meio ambiente. Há as opções ao leite, amargo e à base de soja.


Chocolate à base de soja: 100% vegetal, feito com extrato de soja, sem lactose ou glúten. É especialmente indicado para pessoas com intolerância à lactose e celíacos. A versão sem açúcar pode ser consumida por diabéticos. Seu valor calórico é menor que o chocolate ao leite e o diet.


Alfarroba: Mais uma opção para intolerantes á lactose ou celíacos. A alfarroba é um fruto de uma árvore do mediterrâneo, uma espécie de vagem que após torrada e moída se transforma em uma farinha que substitui o cacau na produção do chocolate. Possui 0,7% de gordura, é pouco calórica, rica em fibras e livre de cafeína. Possui um sabor similar ao do chocolate amargo. Por não conter adição de açúcar, pode ser consumida por diabéticos.


E como não dá para falar de chocolate sem pensar em comer chocolate, deixamos essas 4 receitas a seguir para você se inspirar:


Mousse de chocolate


">


Naked cake de chocolate


">


Torta de chocolate super cremosa (sem glúten)


">


Biscoito de laranja com chocolate


">


Bônus


Como temperar chocolate


">


5 fatos e detalhes sobre o chocolate que você provavelmente não sabia


">


Agora que os seus conhecimentos sobre chocolate foram atualizados conta pra gente qual o seu favorito. E já sabem, né? Se fizerem uma das nossas é só postar a foto do resultado no instagram e utilizar a hashtag #Gourmetadois que a gente tá de olho em tudo!



Até a próxima!

Gostou? Então comente...

Blog

Gourmet a Dois

Esse é o blog da equipe Gourmet a dois! Tudo que está acontecendo estará aqui, bastidores de gravações, detalhes, curiosidades, dicas e como fazer!

Conversor de Medidas para Receitas

Conversor de Medidas para Receitas

Assim como os comentários, esse texto reflete opiniões do autor e não necessariamente do Gourmet a dois como publicação. Ao utilizar este site, você concorda com a Política de Uso.
Cadastre-se!